• Facebook
  • Instagram
  • Pinterest

Telefone:

(32) 98494-4655

Juiz de Fora - Minas Gerais

Buscar

Série - Museu de Arte Sacra de SP | Imagens Sacras

Dando continuidade ao nosso relato sobre a visita ao Museu de Arte Sacra de SP, vamos focar agora em algumas peças que, pra gente, foram destaque.


No primeiro post, a gente já falou do tamanho do acervo do lugar. São mais de 18 mil peças, entre brasileiras e estrangeiras. A grande maioria, em barro cozido ou madeira – materiais mais comuns da época em questão. Além dos santos, há mobílias, peças de decoração e algumas pinturas ocupando as paredes da ala esquerda térrea do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, onde encontram-se as principais obras. Ainda ali, na antiga casa do Capelão, está exposto o Acervo de Presépios – que ainda vamos mostrar por aqui. A parte mais antiga do complexo foi construída por Frei Galvão, em cuja igreja estava acontecendo uma missa enquanto fazíamos a visita.



Em resumo, são retábulos, altares, oratórios, livros raros, pratarias, ourivesaria, mobiliário, telas, objetos, vestimentas litúrgicas e, finalmente, as imagens sacras. Vamos mostrar algumas delas aqui para que vocês possam admirar com a gente – lembrando que muitas estão expostas atrás de um vidro, ok?


Vale reparar em alguns detalhes durante esse “passeio”. Destacamos, primeiramente, a estamparia das roupas pintadas, quase sempre com motivos florais, minuciosamente coloridas, em meio a toques de ouro. A presença do ouro, inclusive, é constante. Observamos, ainda, a mistura de barro ou madeira com tecido, em algumas obras.


Os sinais da policromia na maioria das peças, principalmente em alguns cliques mais próximos. E, por fim, reparem na expressão dos olhares, tão verdadeira e tão sensível no trabalho da época.



Alguma preferida?


#gesso #artesanato #tecido #sacroebarroco #museudeartesacra

7 visualizações