• Facebook
  • Instagram
  • Pinterest

Telefone:

(32) 98494-4655

Juiz de Fora - Minas Gerais

Buscar

Iluminuras e pigmentos

Iluminura ou miniatura é um tipo de pintura decorativa, frequentemente aplicada às letras capitulares no início dos capítulos dos códigos de pergaminhos medievais. O termo se aplica igualmente ao conjunto de elementos decorativos e representações imagéticas executadas nos manuscritos, produzidos principalmente em conventos e abadias da Idade Média. A sua elaboração era um ofício refinado e bastante importante para a arte medieval.



Modelos de iluminuras medievais



No século XVIII, “iluminura” referia-se sobretudo ao uso de douração e portanto, um manuscrito iluminado seria aquele decorado com ouro ou prata.

Sinônimo de “iluminura”, a palavra “miniatura” deriva dos termos latinos miniator ou minium, que designavam o pigmento vermelho geralmente utilizados para as grandes letras iniciais dos textos.


Durante a Idade Média empregavam-se, para execução destas pinturas, pigmentos formados por terras (os ocres, os amarelos e castanhos), pigmentos de origem metálica (o azul e o verde) e pigmentos retirados de vegetais ou de outros elementos orgânicos. Estes pigmentos transformavam-se em tinta a partir de uma mistura com um aglutinante à base de ovo, o mais próximo da têmpera, por suas características.


Era também comum o emprego da prata e do ouro que, para tal, eram transformados em folhas finas. O suporte destas imagens era o pergaminho, obtido a partir de pele de anho. Os mais antigos testemunhos de iluminura remontam ao Egito Antigo e esta arte foi perdendo espaço a partir da invenção da imprensa, no século XV.



#miniaturas #artesacra #arte #Têmpera #ovo #iluminuras #pigmentos

5 visualizações