Buscar

Santa Terezinha das Rosas – História e Iconografia

Maria Francisca Teresa Martin nasceu em Alençon, França, em 1873, filha mais nova do casal Louis Martin e Zélie Guérin. Nasceu com a saúde frágil, sendo cuidada, nos primeiros meses de vida, por uma ama de leite para que pudesse recobrar a saúde. Em 1877, perde a mãe com apenas 4 anos.


Aos 15 anos, converte-se e assume o nome de Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. Mais tarde, escreve uma biografia que tornou-se best seller no mundo todo – História de uma Alma.


Terezinha desenvolve uma “teologia” ao adotar como estilo de vida espiritual a “Pequena Via”, um caminho muito estreito e muito curto para alcançar a santidade, que consiste em fazer pequenas coisas, pequenos sacrifícios que agradam muito a Cristo e nisso ofertar as coisas do cotidiano como sacrifícios por amor a Deus. Mesmo depois de contrair tuberculose, Teresinha continuava em seus trabalhos e fazia tudo, mesmo com a debilidade causada pela doença, por amor a Deus.


Morre em 1897, com apenas 24 anos. Promete, em seu leito de morte, que não ficaria ociosa no céu,faria cair uma chuva de rosas em graças sobre a terra. Por isso, é representada como a Santa das Rosas, carregando sempre um buquê junto à cruz.


Fonte: InfoEscola


Nesta imagem, confeccionada pelo Cristina Martins Ateliê, apresentamos uma opção de imagem em gesso, com aplicação de renda no manto, folhas de ouro na túnica com pintura acrílica e têmpera à cola animal no véu e nos arabescos.




#religião #iconografia #santaterezinha #artesacra #sacro

0 visualização
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Pinterest

Telefone:

(32) 98494-4655

Juiz de Fora - Minas Gerais